O que é Yogaterapia Hormonal
Diferentes Tratamentos

É um tratamento natural, na linha do yoga energético, para os 

problemas da menopausa.
 

Consiste numa série de exercícios especiais para reativar a produção 

de hormônios e consequentemente aliviar os sintomas desagradáveis 

desta fase. Age também prevenindo as doenças decorrentes da baixa 

hormonal, como osteoporose e predisposição a problemas 

cardiovasculares.

 

Desde 1992 venho estudando a menopausa em seus vários aspectos 

(fisiológico, psicológico e estético), criando então a técnica a que dei o 

nome de YOGATERAPIA-HORMONAL para MENOPAUSA.

1 O que é Yogaterapia Hormonal e como foi criada?

A maioria das pessoas costuma pensar em menopausa ressaltando 

seu lado negativo – envelhecimento e perda da feminilidade.

Mas a menopausa coincide com um período mais tranquilo da vida, 

com os filhos já crescidos. Nesta época a mulher pode dar mais atenção 

a si mesma.

 

Algumas mulheres retomam os estudos ou a faculdade que largaram 

quando engravidaram, outras resolvem tomar aulas de pintura ou de 

música. Faça você também novos planos e aproveite esta possibilidade.

Se você tem interesse em assuntos espirituais, agora haverá mais 

tempo para se dedicar a estudos mais profundos e aprender a meditar

isto vai ajuda-la a suavizar os sintomas emocionais da menopausa, 

como insônia, angústia, etc.

 

Mas para aproveitar este lado positivo, é necessário sentir-se bem, 

sem sintomas, como ondas de calor e irritação.

 

Mas o que é realmente Menopausa? Como se define?

 

Vamos começar esclarecendo o significado de vários termos 

relacionados a esta fase: a menopausa é uma fase da vida reprodutiva 

da mulher. Por definição científica, menopausa é o término permanente 

das menstruações resultante da perda da atividade folicular dos ovários, 

que leva à diminuição da produção de hormônios.

 

A menopausa marca o término da vida reprodutiva, sendo precedida, 

em muitos casos, por irregularidade dos ciclos e falhas de menstruação. 

Portanto, só se caracteriza após observação de 12 meses sem 

menstruação. A carência de estrógeno (que é o principal hormônio 

feminino) em geral tem consequências desagradáveis: os sintomas da 

baixa hormonal.

 

Sua diminuição pode também ocasionar doenças como osteoporose e 

alta taxa de colesterol.

 

MENARCA é o momento da primeira menstruação. Nos primeiros 

meses a duração dos ciclos pode ser irregular, depois geralmente estes 

se estabilizam.

 

PERIMENOPAUSA ou CLIMATÉRIO é a fase que abrange cerca de 

3 anos antes da menopausa até 8 ou mais anos depois. Na fase anterior 

à menopausa os ciclos menstruais podem voltar a se tornar irregulares 

por causa de flutuações hormonais, podendo ocorrer sangramento 

aumentado ou falhas de menstruação.

 

Mas já desde os 35 anos, a atividade dos ovários começa a diminuir e 

cai gradualmente a produção dos dois principais hormônios femininos: 

estrógeno e progesterona. Quando a baixa hormonal é muito acentuada 

e o número de folículos dos ovários diminui, os ciclos tendem a se 

tornar anovulatórios, dificultando a gravidez.

 

PÓS-MENOPAUSA é a fase que se inicia com a última menstruação. 

Pode acontecer também a MENOPAUSA PRECOCE. Neste caso as 

menstruações cessam muito antes do normal (aos 30 anos ou até mais 

cedo), causando infertilidade, hirzutismo, sintomas de menopausa e 

problemas psicológicos. A menopausa precoce pode ter diferentes 

causas como cistos de ovário, tumores, etc. Cabe à 

medicina diagnosticar essas causas por meio de exames. Mas muitas vezes ela é causada simplesmente por excesso de exercícios, magreza excessiva ou trauma emocional.

 

Estar bem informada sobre o que costuma acontecer nesta fase é 

importante para poder descartar crendices e preconceitos e tomar as 

devidas providências para que esta fase de carência hormonal decorra 

com um mínimo de desconforto e até um certo sentimento de renovação.

 

Esquematizando o que foi dito:

• MENARCA:  1º menstruação

• MENOPAUSA: 12 meses sem menstruar

• CLIMATÉRIO ou perimenopausa: duração de cerca de 3 anos antes 

     da menopausa até muitos anos depois 

• POS-MENOPAUSA: começa com o cessar permanente das menstruações

• MENOPAUSA PRECOCE: cessação das menstruações antes dos 40 anos
em muitos casos é reversível

 

Até recentemente em nossa sociedade era quase um tabu falar em 

menopausa e até hoje algumas mulheres evitam contar que entraram 

em menopausa porque a consideram como início do declínio físico e 

intelectual. Mas na verdade isto é uma crendice. A menopausa não é um 

marco, um ponto de mudança de direção depois do qual se inicia a 

decadência e o envelhecimento. Nosso organismo está continuamente 

passando por transformações e cabe a nós tomar providências para 

reativar a produção hormonal e evitar o aparecimento dos desagradáveis 

sintomas da menopausa.

 

E como reativar a produção hormonal? Praticando a Yogaterapia 

Hormonal para menopausa, conforme minha pesquisa comprovou.

 

2 Menopausa

Os sintomas da menopausa podem aparecer antes ou até bem depois da 

menopausa, quando o nível hormonal, por alguma razão sofre uma baixa.

Estatisticamente, a partir dos 35 anos o nível de estrogênio e 

progesterona começam a baixar e podem surgir desagradáveis 

sintomas como: ondas de calor, ressecamento de mucosas, desânimo, 

angústia, depressão, queda de cabelo, pele seca e diminuição do 

interesse sexual.

3 Sintomas da Menopausa

1 Tratamento com reposição hormonal

A MEDICINA TRADICIONAL considera a menopausa

como uma doença de deficiência hormonal e, portanto, prescreve medicação - isto é a terapia de reposição hormonal. Hoje em dia muitas mulheres se recusam a tomar hormônios, principalmente depois da publicação de um estudo científico sobre os efeitos da reposição hormonal, que constatou que esta terapia  aumenta muito o risco de câncer de mama, útero e trombose. Este estudo científico desaconselha reposição hormonal.

Após a publicação de um estudo científico sobre os

efeitos da reposição hormonal, que constatou que 

esta terapia aumenta muito o risco de câncer de 

mama e de útero, muitas mulheres se recusam a 

tomar hormônios. Este estudo científico 

desaconselha reposição hormonal.

 

Assim surgiu uma grande busca por tratamentos 

naturais, sem reposição hormonal. A Yogaterapia

Hormonal oferece este tipo de tratamento apenas 

com exercícios específicos para reativar a produção 

hormonal pelo próprio organismo. Além disso, nosso 

trabalho é holístico, atuando sobre o indivíduo como 

um todo, trazendo vitalidade, saúde e uma atitude 

positiva perante a vida. 

 

2 Um Tratamento natural para menopausa

Técnicas usadas na YTH

A YogaTerapia Hormonal trabalha principalmente 

com a energia prânica individual. Ativando-a e 

direcionando-a a diversos pontos do corpo. 

Através de exercícios de yoga dinâmica, pranayamas 

específicos, técnicas energéticas tibetanas, nossa 

técnica age diretamente sobre a hipófise, tiróide, 

suprarrenais e ovários. 

 

Estas técnicas foram selecionadas para trazer 

resultados rapidamente, pois a mulher que sente os 

desagradáveis sintomas de baixa hormonal não quer 

esperar muito tempo para obter melhoras.

 

Como funciona?

Os pranayamas, feitos em determinados asanas, 

fazem um massageamento direto nas glândulas 

relacionadas à produção hormonal, estimulando-as.

 

As técnicas energéticas tibetanas e os bandhas que 

acompanham os exercícios reforçam seu efeito 

sobre as glândulas trabalhadas. 

 

Yogaterapia e o Estresse

Está cientificamente comprovado que o estresse é 

muito prejudicial à produção de estrógeno e 

progesterona, os dois hormônios femininos mais 

importantes. 

 

Por esta razão, na Yogaterapia hormonal o estresse recebe atenção especial, havendo orientação psicológica para prevenir e combater o estresse, além de exercícios específicos, relaxamentos e Yoga-Nidra (que é uma técnica terapêutica que usa a visualização de efeito psicosomático).

 

 

A dieta na YTH

A dieta deve ser saudável, com muitas frutas, 

verduras, brotos de alfafa e feijão, laticínios, tofu, 

geleia real, fito hormônios *, etc. evitando enlatados 

e alimentos com corantes e conservantes.

 

O consumo de café, chá preto e álcool deve ser 

moderado. Ainda nesta área, devemos alertar que o 

fumo é muito prejudicial, chegando a antecipar a 

menopausa.

 

* fito hormônios são vegetais que, pelas suas 

características nutricionais, fornecem elementos 

que facilitam a produção hormonal.

Quer conhecer a pesquisa
e controle científico dos
resultados da prática?